Investigação - Publicações

MV/C+V

Apresentação

O sentido de entendimento

Esta exposição surge com uma intenção de desafio para um grupo de jovens autores, estimulando-os a participar numa apresentação conjunta de trabalhos, encarando o sentido de contemporaneidade como processo constante de renovação e representação do objecto artístico. Estimular a criação e conceber oportunidades de divulgação das obras que estes artistas têm vindo a produzir, permite o confronto com um público observador e detentor de curiosidade em relação ao que se vai fazendo nas mais diversificadas áreas de criação plástica. Foi na exploração desta diversidade que estruturamos uma selecção, de maneira a que se pudesse entender com maior amplitude o que tem sido desenvolvido por cada um destes artistas do ponto de vista criativo.

Estabelecer sentidos de entendimento a cada visualização dos objectos artísticos expostos; encontrar as verdadeiras razões que se prendem com cada momento, como revelação de significações e de vivências plásticas; compreender os elementos movimentadores das mais amplas relações de composição que determinam as particularidades das matérias plásticas; procurar relações de equilíbrio como verdade para uma sustentabilidade do sentido de continuidade. É a constante depuração dos elementos que vai fazendo o percurso que poderá ocasionar a melhor solução, sempre como uma possibilidade orientadora do que se entende por resultado.

Para esta exposição, o Centro Cultural Vila Flor, em parceria com a Escola Superior Artística de Guimarães, procurou criar as condições necessárias para que os mais recentes trabalhos destes doze jovens artistas, sejam capazes de expressar o que têm sido as suas tentativas e intenções artísticas ao longo dos seus percursos individuais.

É de salientar a importância desta publicação, que, pelo seu carácter documental, constitui uma oportunidade de compreensão de um conjunto de trajectos e obras, algumas produzidas e apresentadas anteriormente, facultando uma perspectiva alargada sobre cada um dos nomes propostos. Com a reunião deste conjunto de dados, ampliam-se as possibilidades de conhecimento e de análise, sem exclusão de partes, no sentido de se construir um todo coeso e minimamente significativo, revelando universos de criação individual que asseguram uma visão da prática artística contemporânea, em propostas denunciadoras de desdobramentos reflexivos sobre o que instiga os seus autores a manipular os conteúdos do que pretendem manifestar.

Neste projecto, a Escola Superior Artística de Guimarães, cumpre com as intenções de manter uma relação com Guimarães e com as actividades culturais geradas nesta cidade, contribuindo assim para o estreitamento de laços com o Centro Cultural Vila Flor, na procura de objectivos comuns no âmbito da dinamização cultural.


António Gonçalves


Loja

...

MV/C+V

Carlos Lobo / Fúlvio Mendes / Engrácia Cardoso / Cristiano Castro / Jorge de Magalhães / Nuno Machado / José Almeida Pereira / Luís Ribeiro / José Emílio Barbosa / Max Fernandes / Mauro Cerqueira / Nuno Florêncio

Preço: €25

encomendar por email